Erótico Enrustido: João e Maria

quarta-feira, 1 de abril de 2009

João e Maria

Minha mãe sempre cantou a música abaixo pra me ninar quando era pequena (claro,?). E durante anos a ouvi cantando também para os meus irmãos (é.... sou a mais velha). Hoje, escutei ela cantando pra ninar a minha sobrinha ( de 4 aninhos!) e achei engraçado como essas coisas não mudam.



Mas aí a música me lembrou bebês e ontem soube que a melhor amiga da minha amiga está grávida. Era algo que ela já estava planejando há uns meses. Apesar de ter pouco contato com ela, fiquei muuito feliz. Sei o quanto esse bebê que está no forninho foi desejado por ela.
Fico imaginando quando for o meu...

Mas aí, escutando a música agora e prestando atenção na letra, vi o quanto ela é triste.

Agora era fatal
Que o faz-de-conta terminasse assim
Pra lá deste quintal
Era uma noite que não tem mais fim
Pois você sumiu no mundo sem me avisar
E agora eu era um louco a perguntar
O que é que a vida vai fazer de mim?


E o que aconteceu? Sim, chorei.
Sou uma babaquinha mesmo!

Saí de mim melancolia!

10 comentários:

Eudu disse...

oooooohhhhhhhhhhhhhhnnnnnnnnnn

Fica assim não!
Um dia passa, não sei quando, mas até lá, divirta-se!

Deliciosamente Atrevida disse...

Ah mas essa música mesmo triste é linda mesmo, guarde o sentimento que vc tinha da sua mãe cantando pra vc... é bem melhor!!

Beijos!!

Cadinho RoCo disse...

Mas isso não é melancolia e sim sensibilidade. Talvez lembrança afetiva dos afagos maternais de infância e por aí vai. Quer saber? Linda sua reação.
Cadinho RoCo

FELIPE disse...

Eita. Vai uma dose de alegria aí?

conversaatrevida disse...

Uma das desvantagens de se amadurecer é essa; a gente aprende a ver o sentido das palavras nas frases e não só o som que elas fazem ao se juntarem....

Mas a música continua LINDA....só mais 'intensa'...

Bjos

ATrê

Bia disse...

Que babaquinha que nada mulé...rsrs
Diria que vc é só um pouco sentimental demais da conta!

Beijo!

disse...

Alegria, alegria!

Enfil disse...

Esse post é montagem. Fato! (virou moda na Rede acabar uma frase com essa palavra definitiva)

Thanatos disse...

engraçado.. eu nunca tive uma canção de ninar, mas o mais importante delas, pra criança, é a melodia eu acho... tanto que mesmo depois de anos não se para pra pensar na letra...

será que ela entra na nossa cabeça mesmo sem a gente perceber?

mas mesmo assim, seria legal que você cantasse pra o bebê do teu forno algum dia... :)

Marcelle Rebelo/Kisa/Cecell disse...

Valeu linda! Postei no blog do bebê. http://rodrigoemarcelleeobebe.blogspot.com

Minha mãe cantava essa música, a melodia é até boa pra Ninar, mas a letra...ui, pede para sair, trisssssssssssste! rs

Vamos pensar em outras mais alegrinhas e com esperança?????rs