Erótico Enrustido: Eu obedeço! Sempre!

quarta-feira, 13 de maio de 2009

Eu obedeço! Sempre!

eu: Sabia que tem uma voz linda?
ele: não
eu: Pois tem. Uma voz grave, porém doce.
ele: tbm gosto da tua voz....
eu: Escuta-lo dando ordens deve ser uma delicia. Se bem que não consigo imaginar deixando de ser doce.... Tem uma serenidade na voz.
ele: :)
eu: Por isso digo que "dando ordens" deve ser uma delicia.
ele: quer uma ordem?
eu: Talvez não consiga distinguir se está "ordenando" ou "implorando".
Sou uma menina obediente e sempre obedeço a quem eu pertenço.
ele: e quer?
eu: Uma ordem?
ele: sim
eu: Vc já me deu algumas ordens hoje...
ele: e não foram cumpridas... pra variar
eu: Não? Sou uma menina obediente, ora!
ele: é? hmmm
eu: Já disse o que aconteceu....
ele: não interessa ;) Mas afinal de contas não me respondeu se quer uma ordem ou não
eu: Não sou eu quem decido isso. Se eu optar por umas das alternativas não é uma ordem.... e sim um desejo.
ele: depende...
eu: Ordem é ordem. Eu não decido. Apenas obedeço.
ele: Ordeno q decida.
eu: Não. Sem essa.
ele: hahhahahaha. E depois diz q é obediente
eu: Não existe isso de me deixar decidir. (não quero ter opções)
ele: não te estou dando opções... tem q decidir.... não tem outra opção. Não escolhe as ordens a q obedece.
eu: Bom, eu obedeço sempre.
ele: a 1ª é dizer: queres uma ordem ou não.... o q não significa que eu faça o q disser
eu: quero
ele: :D Imagina que os teus dedos são os meus e que a tua mão é a minha mão acaricia os teus seios levemente...
De leve...
Só com a ponta dos dedos
A provocar... quase sem tocar
eu: Para ficarem mais entumecidos que estão?
ele: sim... com a pele toda arrepiada
eu: Mas estou com os bicos entumecidos e a pele arrepiada há um tempo....
ele: :) Mais molhada?
eu: Tá escorrendo...
ele: hmmmmm
eu: Escorre entre as minhas coxas, pinga....
Escorre lentamente... provoca arrepio, e pinga
ele: passa os dedos pelas coxas onde está molhado e seca nos teus seios
eu: ai, ai...
ele: :)
eu: Assim não to secando... só te me molhando mais.
ele: imagina q te digo isto ao vivo encostado atrás de ti
eu: encostado?
ou encaixado?
ele: encostado.... quase sem tocar... falando ao ouvido
O que sente neste momento?
eu: dor
ele: dor?
eu: sim. Tudo latejando...
e pulsando...
ele: quero que quando eu sair daqui
Percorra o teu corpo todo com as minhas mãos
Quero que se masturbe a imaginar que te observo.
eu: Gostaria de ver?
ele: adoraria. Quero que adie o orgasmo o máximo de tempo possível.
eu: Hum... Adiar orgasmo? Mesmo?
ele: Sim até ser impossível adiar mais...
Imagine q te estou te provocando ao máximo...
eu: Ai
ele: :) Faz isso?
eu: Faço.
ele: amanhã diz como foi
eu: Não.
ele: sim
eu: Não, não.
ele: sim. Não precisa de detalhes.
Só o que sentiu.
eu: Ah....mas são os detalhes os melhores....
ele: com detalhes. Fico à espera
Está excitada?
eu: Tem dúvida?
ele: muito?
eu: uhum. E vc?
ele: um beijo. Entre as pernas.... junto às coxas...
Saboreando tudo molhado
eu: A pergunta foi provocativa propositalmente?
ele: foi
eu: Ai...E nem me diz se vc está excitado tbm de propósito?
ele: sim
eu: E não vai me responder?
ele: não. Hoje sou eu a dar ordens!
eu: Ok. Obedeço.
ele: um beijo
eu: Outro.



E o telefone toca…. Era ele só pra escutar minha voz. Não lembro de nada do eu disse, nem do que ele disse. Não mesmo.
E nem lembro o por que da ligação. Provavelmente para provocar novamente... mas eu já não pensava.... em mais nada.

Desliguei o telefone, pulei pra cama e fui “seguir as ordens”. Passei os dedos por entre as pernas, onde continuava tudo muito molhado. E comecei a me tocar... Vi que se continuasse naquele ritmo por mais 1 minuto, gozaria.... e ele pediu, ops, ordenou para adiar o máximo meu orgasmo.

E eu só queria gozar... fazendo que latejasse mais e mais e depois do gozo dormir profundamente (como consequência das boas noites de sexo).... mas não...Era uma ordem e eu obedeceria.

Subi as mãos...brinquei com os seios, com os bicos dos seios... desci apenas uma mão pela barriga... pelo ventre... e fui para as coxas (e a outra a apertar o bico dos seios). Cravei as unhas nelas... já não estava aguentando mais....
Enfiei os dedos em meu sexo e percebi realmente o quão molhada estava... voltei a me tocar lentamente. Estava toda latejando, estava quente, muito molhada e imaginei que a boca dele faria bom proveito daquilo tudo (como ele mesmo diz).

Por fim, apertei os olhos, mordi os lábios (cheguei a tirar sangue), arqueei o quadril e gozei. Tão profundamente que cai exausta. Ufa! Virei pro lado e dormi.

Dormi profundamente!
Zzzzzzzzzzz.....

Acordei toda molhada, claro, e só saí da cama depois de “tocar umazinha” e foi "só" para não desperdiçar o que voltava a escorrer dentre as pernas....

20 comentários:

Ariel disse...

uiiiiiiiiiiiiii
que deliciaaa
dá ateh vontade de fazer tb
:P


bjinhos docinhos

Ernani Netto disse...

Mulheer!!!!!

Você quer me matar aqui?????

Eu estou trabalhando... ler uma coisa dessas me deixa sem condiçar de me levantar se eu precisar...

Ufaaaa!!!!! calor, muito calor!!!!!

Bjaum

Eudu disse...

Concordo com o Ernani!
To trabalhando aqui...toda hora tenho q mudar de página porque vem gente me pedir as coisas aqui!

Ai ai ....isso é tão bom! Adoro!
Pelo telefone é melhor ainda, ouvir a respiração ofegante!
huuummm......

Beijins

Katy disse...

Uix...........então tava muito molhado mesmo....rsrs........
Ótimo texto!
Bjs.

Ali disse...

Aiaiaiaai
pra quem está sem sexo há dias...isso é uma martírio menina!

como assim!

e ele ligou pra saber como foi??

hã hã?


besos lindona!

Samuca disse...

L.

Você é sensacional, a cada dia que passo mais me impressiono com seu talento. Enlouqueci aqui do outro lado.

Beijos,
S.

Anônimo disse...

Hmmmmmmmmmmmmmmm

Ai, ai, ai...

QT, MF!!!


Beijossssss molhadossssss de escorrer...


Yo

Edu. disse...

You move me...

Sentimental ♥ disse...

adoro ordens.
bjs

Sacerdotisa disse...

Que que é isso, mulher?


Deliciodo. Adorei!

Beijos, querida.

Andarilho disse...

Te quero.
Quando terei uma chance?
beijos

Loloh disse...

Ai fiquei me imaginando..
aff...
Muito bom!!
Piguinho de inveja, mas uma inveja boa...
Acho que passou da hora de vc se diverti um pouco

:: Caos :: disse...

Esse texto foi maravilhoso... nem preciso falar em que estado fiquei.....

beijo grande, bem grande

Vlad Maia disse...

Esse teu texto foi maravilhoso!!!

Nem é necessário dizer-te em que estado fiquei, né?
São Paulo... :(

Mas sonhando com a cidade que fica depois das pontes!!!


Um beijo molhado... bem molhadinho... escorrendo... onde tu escolheres... minha vez de obedecer-te!!!

Maldito disse...

Muito excelente,...adorei todo o conceito do blog ( to me perguntando como eu nunca estive aqui antes) Vou linkar pra nao perder!
Inté

Escorpiana disse...

Aii.. Eu sou tão do contra, e ao mesmo tempo tão obediente quando o assunto é tesão.
Quanto mais ordens, mais escorre!

Bjooos!

Jota disse...

Que delicia de texto, L.
Muito bom!

Faça mais isso e nos conte! ;)
Pra poder escorrer ainda mais!


Beijos

f_terapia disse...

Uma ordem é para ser cumprida. Essa que te deu tanto prazer é uma excelente ordem. Nunca questiones, obedece, entra no jogo e gozarás.
Adorei a descrição e a tesão que provocou (em ti e em mim).

Eu disse...

Nossa, quanto tesao... ate eu fiquei desconcertado do lado de ca... putz... ADOREI!!

Bjs

naponeon. disse...

uau, eu quero