Erótico Enrustido: Julho 2009

sexta-feira, 31 de julho de 2009

Atualização rápida

People,
Fofoquinha rapidinha.
Ontem recebi uma puta cantada da recepcionista do meu prédio.
Uma menina linda. Branquinha, cabelos pretos e uma franjinha... sapeca!
Ah, e a boca? Carnuda!
Afe!
Não sei como isso vai continuar. Juro!
Mas... tô solteira há tanto tempo... Quem sabe?! rsrs
Um beijo e boa sexta pra gente,
L.

quinta-feira, 30 de julho de 2009

E-mail recebido! E-mail processado!

"Dear L.,

Adorei o almoço ontem. Há muito tempo não encontrava uma pessoa como você... divertida, atenciosa, inteligente e doce (e ainda gosta de cinema!).
Podemos repetir em breve?!

Um beijo,
A."

Na boa: ou esses homens mente ou só encontram mulheres FDP ou realmente eu SOU ISSO TUDO. rsrsrs
Prefiro acreditar que sou isso tudo!

Dia ...

...cinza novamente.
Chove horrores!

São Pedro, alivia aí!
(Sim, Enfil, eu acredito que é São Pedro que manda as chuvas)

quarta-feira, 29 de julho de 2009

Sabe....

.... de uma coisa?

Minha pequena reclamação ontem teve efeito.
Não sei se São Pedro ficou chateado com o todo o ódio derramado... ou se ele ficou com pena (ou medo) que eu me afogasse naquela chuva toda...

Só sei que hoje está um dia lindo! Lindo de doer!

Céu azul, temperatura agradável e um solzinho maravilhoso!
(e um certo ser humano no barco indo para Ibiza - Será que está um dia dia bonito lá tbm?)

Adoro dias azuis assim!
Adoro!

terça-feira, 28 de julho de 2009

Quando....

.... o céu parar de cair sob o Rio de Janeiro eu conseguirei sair do trabalho e ir pra casa sem me afogar!
Ódio de São Pedro! rsrs
Ódio porque não sei nadar!

Eu....

.... também quero ir pra Ibiza!
Quero sim!

segunda-feira, 27 de julho de 2009

Preciso acrescentar algo?

De madrugada no Skype....

L.: mas então... o carinha... tenho até vergonha....
Mi: tá com vergonha?
L.: sei lá, Mi.... o cara tem tanta história de vida
Mi: vc tbm ué. Todo mundo tem história de vida
(...)
L.: eu sinto uma analfabeta
Mi: Vc é super culta Mi... e encanta todo mundo com a sua forma de ser, falar e bla bla bla
L.: Ele é tão blasé.
(...)
L.: Tenho tanto medo de me sentir lixo tbm...
Mi: pois é
(...)
Mi: Masssssss, a vida é assim mesmo. Tudo depende da sua cabeça. Se eu tivesse bem comigo e com tudo, teria sido uma foda fantástica
L.: Só farei se estiver apaixonada, Mi. Sempre foi assim...
(...)
Mi: É algo que tem tempo, história...
L.: Deve ser.
Mi: Mulher precisa de intimidade, história.
L.: Are baba! Quero uma cabeça e um coração novos. Assim não dá.
Mi: tbm... brilho eterno de uma mente sem lembranças
L.: afe
Mi: Mas na hora certa, tudo volta pro lugar... a felicidade volta pra nossa vida
L.: amém, Mi.
Mi: vc vai ver
L.: Amém. Amém milhões de vezes!
Mi: milhões
L.: Eu não peço muita coisa... eu só queria um amor.... Alguém pra chamar de meu. Meu namorado. Meu companheiro. Meu homem. Meu personal fudedor.
Mi: Mas eu acho que isso é o mais difícil de se conseguir na vida... o mais difícil. Grana vc dá um jeito. Amigos, vc faz com o tempo. Coisas materiais vc conquista. Agora um amor... afe...Acho que é a conquista mais difícil da vida. E a mais importante.
L.: Tem gente que não liga pra isso. Que caminha procurando sei-lá-o-que, que não é isso.
Mi: tem
L.: Queria ser assim. Queria não chorar enquanto vejo um filme de amor, etc, etc.
(...)
Mi: Mas amando ou não, vc sempre vai chorar vendo filme de amor. Faz parte de vc. E isso é lindo! E a gente não pode matar quem é! A gente tem que aprender o que é importante pra gente e lutar por isso.Não desistir sabe?
L.: Mas as vezes eu queria que a L. antiga morresse.
Mi: Mas seu amor de verdade, vai gostar da L. antiga...e da nova.... e da futura... e de todas as mulheres que vc ainda será. A gente sempre se renova Mi. Aprende mais, busca mais.
L.: É...
Mi: Eu sei que dói. Muito. Mas e aí? O que a gente faz? Não tem o que fazer, Mi.
L.: Não sei... Hoje não sei de nada.
(...)
Mi: Um deles pode ser a pessoa. Se não for, outra vai aparecer
L.: Mi, se eu nunca encontrar ninguém pra cuidar de mim quando estiver velhinha, vc cuida de mim?!
Mi: Mi, claro que eu cuido. Com certeza. A gente fica vendo tv e série de vampiro...rsss
L.: Ótimo. :)
L.: E se vc tiver mil filhos, eu posso ser tia de todos?
Mi: Pode sim. Madrinha de alguns inclusive...rss
L.: Oba!
Mi: rssssssssssssssssss
L.: Aí, Mi. Tô triste! Vou dormir pra isso passar.
Mi: As vezes penso que quando essas tempestades passarem, a gente vai rir juntas disso. Vc vai ver.
L.:Tomara.
Mi: E seremos muito felizes! Vc vai ver!
L.: Amém milhões de vezes de novo!
Mi: Só precisamos ter paciência pra esperar e entender que tudo tem a sua hora certa pra acontecer, e não adianta querer adiantar o relógio... fazer o tempo passar mais rápido
L.: É... ter paciência é importante.
Mi: Será na hora que tiver que ser. Acredite nisso!
L.: É verdade.
Mi: Vai lá dormir que vou tbm!
(...)
Mi: Dorme bem. Te amo!
L.: Vc tbm, Mi. Tbm te amo!


Porque eu continuo sendo uma babaquinha, mas tenho uma amiga que me ama...
E por hoje, isso basta.

domingo, 26 de julho de 2009

Mantra!

Todos os dias ao acordar eu penso: "Vai ser hoje!"
E quando o dia termina e nada acontece, o sorriso de decepção é visível no meu rosto...
Aí antes de dormir, quando converso com Iemanjá, eu penso: "Não foi hoje por algum motivo... mas será amanhã."
E assim eu vivo os últimos meses.
Nesse círculo viciante e angustiante.

Eu acho que ando pensando muito e fazendo pouco (e foda-se todas as opiniões e blá blá blás desse povo que não sabe tomar contar da própria vida)!

E tenho dito!

sábado, 25 de julho de 2009

Hunf!

Tenho tantas coisas para contar.
Um monte de coisa acontecendo.
Coisas legais e tantas outras nem tanto assim...
Não me sinto mais a vontade para escrever algumas coisas aqui... tem gente que me lê que eu não queria que soubesse certas coisas....
Acabou a privacidade.
Hora de abrir um novo blog.

Não....

... aguento mais tanta gente retrógrada a minha volta.
Are baba!

Sabe....

.... o que acabei de perceber?
Eu falo sozinha!
Será que sou maluca?!
Não, né?! Isso é normal...

sexta-feira, 24 de julho de 2009

Canção de Amor

"Saudade, torrente de paixão
Emoção diferente
Que aniquila a vida da gente
Uma dor que não sei de onde vem
"

Cantada sussurada ao pé do ouvido... bem de mansinho...

quinta-feira, 23 de julho de 2009

Desisti de desistir!

Ontem eu tinha desistido.
Aí eu vi que estava sendo maluca e precipitada e voltei atrás.
Não sei se foi uma decisão sábia.
Mas.. tô tão confusa, tão confusa que posso mudar de ideia e desistir novamente - e de vez!



Aí.... já era!

Você é mau? Pois eu não presto!

"Frase: "Eu busco a mim mesmo através do que desejo"

Você é o pior de todos. Você é desconfiado, vingativo, obsessivo, rancoroso, vagabundo, frio, cruel, antiético, sem carácter, traidor, orgulhoso, pessimista, racista, egoísta, materialista, falso, malicioso, mentiroso, invejoso, cínico, ignorante, fofoqueiro e traiçoeiro. Você é um canalha completo. Só ama sua mãe e a si mesmo. Aliás, alguns de vocês não amam nem a mãe. Você é imprestável e deveria ter vergonha de ter nascido. Escorpianos são tiranos por natureza. São ótimos nazistas ou fascistas. Adora pisar os outros e tem um orgasmo quando vê alguém no buraco. Pelo bem dos outros signos do Zodíaco, os escorpianos deveriam ser todos exterminados."

E aí? Tudo bem com vocês? Por favor não tenham medo de mim. Eu juro que não sou racista (pelo contrário.... afe!)!

Escorpiana, Beto, Erica me ajudem!!! rsrsrsrsrs

Um beijo,
L.

P.S - Ficou curioso pra ler o seu?
Clica aqui ou aqui ou aqui pra achar.

quarta-feira, 22 de julho de 2009

Desisto!

Por hoje, eu desisto!
Cansei!

terça-feira, 21 de julho de 2009

Toques!

"Suponho que me entender não é uma questão de inteligência e sim de sentir, de entrar em contato...
Ou toca, ou não toca."
Clarice Lispector


E aí? Toca?!

Fato!

"O erotismo é conceder ao corpo os prestígios do espírito."

segunda-feira, 20 de julho de 2009

Toques

"Você é o seu sexo. Todo o seu corpo é um órgão sexual, com exceção talvez das clavículas."


Bom... eu não concordo... rsrs

domingo, 19 de julho de 2009

Sentidos!

"Ver e ouvir são as únicas coisas nobres que a vida contém. Os outros sentidos são plebeus e carnais. A única aristocracia é nunca tocar."

Nunca?!
Afe!

Descrente!

"Nunca amamos ninguém. Amamos, tão-somente, a ideia que fazemos de alguém. É a um conceito nosso - em suma, é a nós mesmos - que amamos. Isso é verdade em toda a escala do amor.

No amor sexual buscamos um prazer nosso dado por intermédio de um corpo estranho. No amor diferente do sexual, buscamos um prazer nosso dado por intermédio de uma ideia nossa."

sábado, 18 de julho de 2009

Isso tudo...


.. porque eu adoro!

quinta-feira, 16 de julho de 2009

Medo!

Assistam o vídeo e tentem entender o receio que tenho de não casar logo.

video

Pois é....
Ainda, eu disse: A-I-N-D-A, tenho todos os dentes.
Putz!

Convite pro povo do Rio! (eu tento!)

Gente,
Vamos?! Vamos?! CCBB?! Heim, heim?!
Quer ir? Está no Rio?!
Respondeu sim para as duas perguntinhas acima?! Ótimo! Deixa o e-mail aí nos coments e eu entro em contato!
Ah, devo ir na sexta e no sábado também!



Um beijo (povinho desanimado...),
L.

terça-feira, 14 de julho de 2009

Coisas de fantasmas!

E-mail dele:

"... foi muito bom te ver, mesmo que rapidamente. Ver que o sorriso continua o mesmo, os olhos e o olhar encantador....
O período em que estive com você foi com certeza o melhor da minha vida. Uma pena só ter visto isso anos depois...se pudesse voltar atrás teria feito tudo diferente, mas apesar de mais velho que você, eu não tinha a mesma maturidade.
(...)
Eu queria o laboratório, queria a minha carreira, queria o doutorado em Londres (e quando estive lá só pensava no quanto você daria um dedo p'ra curtir os dias cinzas e o frio rsrsrs), queria a descoberta da Aids e achava que não precisava de você, que você era "apenas" uma namorada.
Eu tentei. Tentei mesmo. Você foi a mulher mais incrível que conheci e fico aqui imaginando o que os anos não fizeram com todo aquele potencial que tinha...
(...)
Depois que nos separamos, tive muitas mulheres. Umas passageiras, outras que me aturaram mais tempo, porém a única coisa que procurei em todas elas foi alguma coisa de você.
(...)
Buscava nelas os seus carinhos, os seus beijos (e lembro até da maneira como fechava os olhos se entregando a eles), os mimos sem fim e qualquer outra coisa que me fizesse lembrar você... Tentava todos os dias não me esquecer dos pequenos detalhes que me faziam sorrir - ou não - mas detalhes que eram só seus....os soluços do choro quando assistia qualquer filme "lindo de doer" (e eu criticava ao invés de te abraçar e te deixar chorar), o leite quente antes de dormir quando fazia frio, sua animação quando chegava um final de semana frio, a descobertas de novas músicas, cantores, cantoras e bandas, o jeito que mexia os quadris e cabelos quando dançava e fazia qualquer dancinha se tornar quase um ato sexual, os drinks e batidas que preparava para os meus amigos quando a minha casa estava cheia (e impressionante... você nunca reclamava!), as milhões de vezes que foi ao meu encontro no laboratório quando disse que estava sozinho e que ia passar a madrugada fodido só para me levar um agrado, as noites de carinhos e compartilhamento de sonhos até pegarmos no sono, a coleção que te dei de Machado de Assis e do encanto por ele a cada livro lido e debatido numa sala cheia de doutores em Literaturas em noites regadas a erva, bebidas e mate (sim, eu lembro do seu mate gelado com muito gelo e quente fumegando), das palavras inventas, dos beijos roubados de madrugada, do dos sorrisos tortos, dos olhos cor-de-azeitona e dor olhar de pidona ... Nossa....Lembro de muitas coisas, L.
Coisas que por meses a fio não quis perder quando vi que eu me afastei de você por... sei lá... imaturidade talvez.
(...)
Hoje, não sei mais de você. Não sei mais por onde anda, nem com quem anda...nem o que tem feito para dormir quando a cabeça está cheia e o coração apertado ou quando um programação ansiada por meses te faz sonhar acordada...
(...)
Pode parecer piegas, ou sei lá o que, mas eu acho que seria um homem melhor e feliz, pelo menos mais amado sim, se estivesse com você.
Um beijo e fique bem!
J."

Minha resposta:
"...mas eu acho que seria um homem melhor e feliz, pelo menos mais amado sim, se estivesse com você"
Mas eu não!
Um beijo e fique bem também,
L."

Atenção!

Tenho que ter cuidado com o que desejo.

Pode ser uma tragédia.

segunda-feira, 13 de julho de 2009

Pertubações!

Recebi o textículo abaixo da fofa da Liz hoje por e-mail. Nem preciso dizer que chorei, né? Babaquinha mesmo....

"Amar é sempre ser vulnerável. Ame qualquer coisa e certamente seu coração vai doer e talvez se partir. Se quiser ter a certeza de mantê-lo intacto , você não deve entregá-lo á ninguém , nem mesmo a um animal. Envolva o cuidadosamente em seus hobbies e pequenos luxos, evite qualquer envolvimento, guarde o na segurança do esquife de seu egoísmo. Mas nesse esquife – seguro , sem movimento , sem ar - ele vai mudar. Ele não vai se partir – vai tornar se indestrutível, impenetrável , irredimível. A alternativa a uma tragédia ou pelo menos ao risco de uma tragédia é a condenação. O único lugar além do céu onde se pode estar perfeitamente a salvo de todos os riscos e perturbações do amor é o inferno. "

Do C.S.Lewis (esse cara é foda! Só por ele ter escrito Narnia.... putz!)

domingo, 12 de julho de 2009

E ele....

... segurou meu cabelo delicadamente...

...assim como tudo deve ser....

sábado, 11 de julho de 2009

Olha (mas de verdade)!

"Olha você tem todas as coisas
Que um dia eu sonhei prá mim
A cabeça cheia de problemas
Não me importo, eu gosto mesmo assim
Tem os olhos cheios de esperança
De uma cor que mais ninguém possui
Me traz meu passado e as lembranças
Coisas que eu quis ser e não fui
Olha você vive tão distante
Muito além do que eu posso ter
E eu que sempre fui tão inconstante
Te juro, meu amor, agora é prá valer
Olha, vem comigo aonde eu for
Seja minha amante, meu amor
Vem seguir comigo o meu caminho
E viver a vida só de amor"

Pontos, vírgulas e tooooodas as palavras! Todas!

sexta-feira, 10 de julho de 2009

Poeira tomando assento...

"A paixão puro afã,
Místico clã de sereia
Castelo de areia,
Ira de tubarão,
ilusão..."

Essas coisas que eu leio por aí...

"It always fascinated me how people go from loving you madly to nothing at all, nothing. It hurts so much.


When I feel someone is going to leave me, I have a tendency to break up first before I get to hear the whole thing. Here it is. One more, one less. Another wasted love story.


I really love this one.


When I think that its over, that I'll never see him again like this... well yes, I'll bump into him, we'll meet our new boyfriend and girlfriend, act as if we had never been together, then we'll slowly think of each other less and less until we forget each other completely. Almost.


Always the same for me. Break up, break down. Drunk up, fool around. Meet one guy, then another, fuck around. Forget the one and only. Then after a few months of total emptiness start again to look for true love, desperately look everywhere and after two years of loneliness meet a new love and swear it is the one, until that one is gone as well.


There's a moment in life where you can't recover any more from another break-up. And even if this person bugs you sixty percent of the time, well you still can’t live without him. And even if he wakes you up every day by sneezing right in your face, well you love his sneezes more than anyone else's kisses."

Daqui ó.

quinta-feira, 9 de julho de 2009

Feliz Aniversário, Ernani!

Pessoas,

Hoje é aniversário de um menino que conheci aqui pelo blog. Ele veio de mansinho... comentando sempre... sendo gentil, educado, bem-humorado.... sendo ele!
Eu, involuntariamente, sou "responsável" pela felicidade dele atualmente (uau, como sou convencida!) e fico muito feliz que ele esteja apagando o incêndio, ops, as velinhas, feliz ao lado de quem ama.
Ernani, PARABÉNS pra você! Que Oxalá te guie e ilumine, fazendo que seu caminho seja só de sucesso e felicidade.
Um beijo,
L. (ops, cupida!)

quarta-feira, 8 de julho de 2009

Fins!

Gente,

Recebi esse texto por e-mail e não tenho certeza (como tudo proveniente da internet) se foi o Jabor que escreveu. Mas o texto é bom e faz pensar alguns "velhos"costumes.

Um beijo,
L.

"Sempre acho que namoro, casamento, romance, tem começo, meio e fim.
Como tudo na vida.
Detesto quando escuto aquela conversa:
"- Ah,terminei o namoro...
- Nossa, estavam juntos há tanto tempo.....
- Cinco anos...que pena...acabou....
- É...não deu certo..."
Claro que deu!
Deu certo durante cinco anos, só que acabou.
E o bom da vida, é que você pode ter vários amores.
Não acredito em pessoas que se complementam.
Acredito em pessoas que se somam.
Às vezes você não consegue nem dar cem por cento de você para você mesmo, como cobrar cem por cento do outro?
E não temos essa coisa completa:
Às vezes ela é fiel, mas é devagar na cama.
Às vezes ele é carinhoso, mas não é fiel.
Às vezes ele é atencioso, mas não é trabalhador.
Às vezes ela é muito bonita, mas não é sensível.
Tudo junto, não vamos encontrar.
Perceba qual o aspecto mais importante para você e invista nele.
Pele é um bicho traiçoeiro.
Quando você tem pele com alguém, pode ser o papai com mamãe mais básico que é uma delícia.
E as vezes você tem aquele sexo acrobata, mas que não te impressiona...
Acho que o beijo é importante...e se o beijo bate...se joga...se não bate...mais um Martini, por favor...e vá dar uma volta.
Se ele ou ela não te quer mais, não force a barra.
O outro tem o direito de não te querer.
Não brigue, não ligue, não dê pití.
Se a pessoa tá com dúvidas, problema dela, cabe a você esperar.... ou não.
Existe gente que precisa da ausência para querer a presença.
O ser humano não é absoluto.
Ele titubeia, tem dúvidas e medos, mas se a pessoa REALMENTE gostar, ela volta.
Nada de drama.
Que graça tem alguém do seu lado sob pressão?
O legal é alguém que está com você, só por você.
E vice versa.
Não fique com alguém por pena.
Ou por medo da solidão.
Nascemos sós. Morremos sós.
Nosso pensamento é nosso, não é compartilhado.
E quando você acorda, a primeira impressão é sempre sua, seu olhar,seu pensamento.
Tem gente que pula de um romance para o outro.
Que medo é este de se ver só, na sua própria companhia?
Gostar dói. Muitas vezes você vai sentir raiva, ciúmes, ódio, frustração.....Faz parte.
Você convive com outro ser, um outro mundo, um outro universo.
E nem sempre as coisas são como você gostaria que fosse....
A pior coisa é gente que tem medo de se envolver.
Se alguém vier com este papo, corra, afinal você não é terapeuta.
Se não quer se envolver, namore uma planta.
É mais previsível.
Na vida e no amor, não temos garantias.
Nem toda pessoa que te convida para sair é para casar.
Nem todo beijo é para romancear.
E nem todo sexo bom é para descartar... Ou se apaixonar... Ou se culpar...
Enfim...quem disse que ser adulto é fácil ?????"

P.S - Eu continuo acreditando que amores eternos. =)

+P.S - "Se não quer se envolver, namore uma planta". É a melhor! Hahahahaha Por que acho que ela pode ter utilidade?! (Pra mim e para os outros!)

Deveria...

... ter sido mais "discreta"?

segunda-feira, 6 de julho de 2009

How much are you worth?

"Just break the silence
Cos i'm drifting away
Away from you"


TPM


(clica que cresce!)

domingo, 5 de julho de 2009

Purificando!

Neste final de semana fiquei em casa arrumando umas coisas, jogando fora tantos outras. Numa faxinona.
E nessa minha "jogança" (adoro inventar palavras!) de coisas fora, foram todas as que eu tinha com o ex. Todas as coisas que estavam no meio do caminho, entre as roupas, entre os documentos, cadernos, revistas. Joguei tudo fora! Sem dó, da mesma forma que ele fez com o que dei à ele. Rasguei as fotos em pedacinhos pequenininhos, os bilhetinhos (sem leitura prévia para não "reviver" nada), e as coisas que me remetiam a ele.
Foi libertador!

Há anos atrás (coloca anos nisso... rsrs) quando eu fazia terapia, a psicóloga me disse que a gente tem que dar espaço pro novo acontecer. Ela deu como exemplo o meu ármário: roupas que não serviam mais, não usava nunca, etc. Aquilo tudo "guardado" estava ocupando espaço, deixando que coisas novas e usáveis entrassem ali. Logo, ela fez um paralelo com os sentimentos. Que guardamos sentimentos ruins e deixamos de nos alimentar com sentimentos bons e nobres.
Depois dessa sessão me dei alta (nunca mais apareci! rsrs) Vi que (quase) todos os problemas estavam ali, naquilo que ela havia me dito: alimentar algo que não vale mais a pena e que não traria nada pra mim devia ser jogado fora!
E eu, na sapiência dos meus 18 anos, achei que fosse uma coisa fácil, e vi que na prática é muito difícil!! Muito!
Temos por hábito e cultura achar que "quem guarda tem", e nesse conceito a gente acumula um monte de tralha, um monte de... NADA.

A minha história com o ex acabou no dia que ele disse "não gosto mais de você". Acabou pra ele, e ele fez com que acabasse pra mim também. E por que eu fiquei tão mal meses a fio?! Porque junto com o "não gosto mais de você" morreram todos os MEUS sonhos, os MEUS planos, os MEUS tudo! E meses de fossa me fizeram ver, que aqueles eram só os "MEUS", não mais os deles. Algo como Vanessa canta "É só isso/Não tem mais jeito/Acabou, boa sorte".
E pra que continuar a sofrer com isso?! Não me levaria a lugar nenhum.

Meu período de fossa acabou faz tempo. Mesmo! Mas isso só na minha cabeça. Minhas atitudes e ideias, etc ainda eram de uma "menina-noiva" planejando casamento, viagem de lua-de-mel, casa, filho e futuro a dois.
Cai na real quando soube que ele estava namorando e estava feliz.
Fiquei triste sim quando soube, mas achei que seria pior. Achei que uma "nova fossa" viria, etc, etc. Mas não. Hoje eu vi que foi ótimo saber disso (e saber antes de ver os dois juntos foi importante - e isso aconteceu também)! Foi ótimo!

Assim como as milhões de coisas que joguei fora ontem e hoje (sem nenhuma lágrima rolando no rosto - e isso é bem difícil já que sou uma manteiga derretida) vê-lo bem e feliz foi... libertador!
Por que eu vou sofrer, se ser feliz é muito mais gostoso?! Por que, heim?!

Eu "limpando a casa" me permito ser feliz. E permito que ele seja também.
Agora, com espaços livres (físicos e emocionais) posso deixar o NOVO entrar!
E posso confessar uma coisa?! A-d-o-r-o coisas novas! Adoro!

E que venham coisas novas. Novos planos, novos objetivos, novas ideias, novos conceitos, novos amores!
Tô prontinha! rsrs

Um beijo e boa semana pra gente,
L.

sábado, 4 de julho de 2009

Sábado a noite!

"Eu não quero sair
Hoje eu vou ficar quieto
Não adianta insistir
Eu não vou pro boteco
Eu não quero sair
Hoje eu vou ficar quieto
Não adianta insistir
Eu não vou pro boteco
Hoje eu não teco, não fumo
Não jogo sinuca
Não pego no taco
Tem muita gente maluca
Me apurrinhando
Enchendo o meu saco
Hoje eu estou de vara curta
Vou ficar no barraco
O que não falta é tatu
Pra me levar pro buraco"




Ponto.

Suspiros e lágrimas!

Gente,
acabei de assistir isso no People&Arts e chorei! Lindo demais!
Fiquem atentos a cena do banco... lindo, lindo!
Ah, e também a cena em que ela pula nele.... lindo também!
"Iiiiiiiiiiiiiiiiiiiii am caaaaaaaaaaaaaaaaaaalling you"

Heidi & Travis - Contemporary Dance


Ai, ai...
Saudades do ballet...
Um beijo,
L.

Detalhes



"Eu sei que esses detalhes
Vão sumir na longa estrada
Do tempo que transforma
Todo amor em quase nada"

O Rei.

sexta-feira, 3 de julho de 2009

Ooooh-ahhh

"you set my soul a-light"


Aviso 2 - a missão!

Pessoas (mais chatas ainda),

Não uso MSN! Não mesmo.
Uso o GTalk (e o e-mail está aí do ladinho) e o Skype (para uso privado e particular)!
Ponto!
Não respondo mais nada sobre isso também!

:P,
L.

Aviso aos chatos de plantão!

Pessoas (chatas ;) ),

Não, eu não tenho Twiter e nem pretendo ter.
Ponto! Não respondo mais nada sobre o assunto!

:P,
L.

P.S - Sim, eu acho a ideia bacana e tudo mais, mas eu procuro me livrar desses vícios.

quinta-feira, 2 de julho de 2009

Torre do Sol

"- Estou em Minas Anor, a Torre do Sol - disse ela -; e eis que a Sombra partiu! Não serei mais uma escudeira, nem competirei com os grandes Cavaleiros, e deixarei de me regozijar apenas com canções de matança. Serei uma curadora, e amarei todas as coisas que crescem e não são estéreis. - Outra vez olhou para Faramir. - Não desejo mais ser uma rainha - disse ela.


Então Faramir sorriu com alegria. - Assim está bem - disse ele -; pois eu não sou um rei. E mesmo assim me casarei com a Senhora Branca de Rohan, se ela assim o desejar. E, se ela quiser, então atravessaremos o Rio e em dias mais felizes iremos morar na bela Ithilien, e lá faremos um jardim. Todas as coisas crescerão ali com alegria, se a Senhora Branca vier.


- Então devo deixar meu próprio povo, homem de Gondor? - disse ela. - E você gostaria que seu povo orgulhoso dissesse a seu respeito: "Lá vai um senhor que domou uma intrépida escudeira do norte? Não havia uma mulher da raça de Númenor para ele escolher?


- Gostaria - disse Faramir. E tomando-a nos braços beijou-a sob o céu ensolarado, em se preocupar se estavam sobre a muralha, num ponto alto, à vista de muitas pessoas. E realmente muitos viram os dois e a luz que brilhava ao redor deles quando desceram das muralhas e foram de mãos dadas até as Casas de Cura."

O Senhor dos Anéis, J.R.R. Tolkien

Porque o amor é lindo e eu acredito nele!

Perfeição!



Porque eu fui no show desses "caras" e sei o que é perfeição.

quarta-feira, 1 de julho de 2009

If !



Não sabe inglês?! Lamento. Muito!
Porra, mas os tradutores estão na net pra isso também,?!

Na boa, ando meio sem paciência com gente burra (e não é por não saberem inglês não). Muito sem paciência.